Buscar
  • Marco Vazquez

O lindo som do silêncio


Olá pessoal!


Trouxe para vocês esse lindo texto que amo e concordo intensamente sobre como estamos perdendo a chance de encontrar nosso conhecimento interior.




O silêncio na Era Digital e das grandes tecnológicas se torna quase que um paradigma com tantos equipamentos cada vez mais potente e com preços acessíveis que acaba tornando qualquer pessoa como um possível executador de barulho.

Existem diversos estudos que nos trazem as primícias da reconstrução de novas células cerebrais sendo realizada através das meditações e não como pensava-se na agitação do cérebro para que tal feito ocorresse. Quando estamos em silêncio, nossos estímulos também são minimizados e portando a paz reina em nós.


Em Estudo ocorrido na Universidade de Duke na Carolina do Norte, Estados Unidos, foi realizado uma pesquisa em 2013 e já se percebia através da prática do silêncio por somente duas horas diárias, uma ativação maior do hipocampo no cérebro responsável pelo aprendizado e pela memória.


Nos tempos de antigamente tínhamos nossos país como controladores de nossos feitos, portanto o respeito com o próximo era muito maior do que hoje!


A liberdade que vemos hoje é totalmente arbitraria pela vontade do indivíduo que não respeita o coletivo à sua volta!


Quem lembra quando ligávamos o aparelho de som 3 em 1 com suas caixas acústicas já começando a ter uma maior capacidade de prover som altíssimo e com qualidade e em pouco tempo já víamos nossos país metendo a mão no botão giratório de volume e diminuindo pelo menos na metade da posição atual, sem contar com a frase: Respeite seus vizinhos!


Na Era moderna, com a liberdade de conduta e ética solta pela falta de preparo em administrarmos as pessoas em suas conduções de atitudes diárias, acabamos vendo a enxurrada de reclamações pelo desrespeito ao som alto, barulhos impertinentes em horários noturnos e assim segue a fora.


O resultado de tudo isso, um povo cada vez mais doente com as qualidades de vibrações sonoras e energéticas que são geradas por produtos de músicas sem qualidade com batidas ritmadas asfixiadoras da mente dos jovens tornando-os escravos da necessidade de serem mais aparecidos do que outros.


A demonstração do “Estou aqui!” Envenena as pessoas escondidas atrás dessa pseudo-liberdade que chega com um impacto violento no peito do jovem que não tem, ou teve nenhuma base estrutural para entender seus direitos, mas também seus deveres e respeito com o próximo.


Hoje, quando chegamos na praia e temos a oportunidade de ouvir o som da natureza, o barulho das ondas que seguem uma vibração de paz e quietude mudando totalmente nossas emoções contidas e ativando químicas de tranquilidade em nosso corpo e nossa mente, então são totalmente contrariadas ao vizinho da barraca ao lado com caixas de som portáteis em volume mais alto do que eles mesmo conseguem conversar e com isso vai por água abaixo todo o descanso e equilíbrio buscando no contato com a natureza.


Acalmar, sentir, ouvir, perceber, entender, aceitar, são fatores importantes em nossas vidas que devem ser pensados todos os dias para cumprirmos nosso objetivo de entender nossa existência e poder trilhar novamente o caminho de crescimento espiritual e retornar aos domínios mais altos da Criação no qual perdemos em virtude de nossos erros.

Vamos praticar a meditação e mudar nossa vive! Peço que façam esse experimento em um pequeno prazo de 7 dias e entenderá como é tão importante o barulho do silêncio em nossa vida.

Mandem seus comentários quem fez e como foi essa vivência e suas mudanças na vida!

Aguardo seus comentários!

Marco Vazquez

Espaço Agni Sagrado

23 visualizações

Rua Antônio Pires, 143

Alto da Freguesia - SP

São Paulo, SP 02730-000

© 2017 - 2020 por Espaço Agni Sagrado.

Todos os direitos reservados.

Whatsapp:

(11) 97348-1802

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Twitter